Netlivre
Soluções em Tecnologia

Telefone: (61) 3546-1463
E-mail: contato@netlivre.net

SEPS Q 705/905 Bloco A Loja 25 - Asa Sul, Brasília - DF, 70390-055

Mostrar no Google Maps
Intelbras Videoconferência

Realizar reuniões e entrevistas de negócios de forma remota é uma prática utilizada por diversas empresas. A popularização de uma série de aplicativos para chamadas online em vídeo ajudou a expandir ainda mais o uso da videoconferência. Estima-se que esse tipo de comunicação irá movimentar US$ 7.76 bilhões até 2022.

A videoconferência traz uma série de vantagens para os negócios:

  • Ajuda a reduzir as barreiras da distância física para reuniões, entrevistas de emprego, apresentações, conversas sobre desempenho, alinhamento de estratégias, etc;
  • Promove economia de tempo e dinheiro evitando o deslocamento/viagens dos participantes;
  • Contribui para o aumento da produtividade, pois a interação em tempo real permite resolver problemas, trocar ideias e tirar dúvidas rapidamente;
  • Fortalece a interação entre equipes de diferentes cidades e países, já que aproxima setores, filiais e instâncias da empresa favorecendo o engajamento, a colaboração e o sentimento de pertencimento;
  • Pode ser utilizado como mais um recurso de pesquisa de informações, já que a reunião pode ser gravada e disponibilizada posteriormente.

Apesar das diferentes opções em aplicativos pagos e gratuitos para conversar e realizar apresentações via internet, a grande maioria deles não garante a qualidade de áudio e vídeo que um compromisso empresarial requista. Por isso, é preciso contar com dispositivos específicos para ter uma boa experiência em videoconferência. Neste artigo, vamos mostrar como estes equipamentos podem melhorar as chamadas em vídeo e dar mais profissionalismo à comunicação da sua empresa.

Como ter uma boa experiência em videoconferência com áudio e vídeo de qualidade

A videoconferência é um sistema de comunicação que permite colocar em contato, através de equipamentos de áudio e vídeo e conexão à internet, duas ou mais pessoas que estejam em diferentes localidades. Normalmente, existem dois cenários para realização destas chamadas: ponto a ponto e multiponto.

O sistema ponto a ponto permite videoconferência entre dois locais ou pessoas distantes, ou seja, basta que dois dispositivos entrem em contato por meio da plataforma de comunicação online escolhida. É como uma chamada telefônica, mas com vídeo.

Já em um cenário multiponto, há comunicação entre três ou mais locais, que se conectam cada um por meio do vídeo em uma sala de reuniões, na mesa de trabalho, no computador em casa ou até mesmo de um smartphone ou tablet.

Porém, para isso, é preciso contar com um equipamento chamado Multipoint Control Unit (MCU). Assim, uma das pontas deve utilizar o MCU, que vai processar todas as imagens ao mesmo tempo, enquanto as outras pontas podem utilizar um equipamento comum que realize a videoconferência ponto a ponto. No entanto, ele deve ser compatível com o MCU.

Apesar das funcionalidades encontradas nos vários aplicativos e softwares que fazem chamadas em vídeo simultâneas, elas geralmente ficam restritas às versões pagas. Além disso, são usadas a câmera e o microfone do dispositivo escolhido – computador, laptop, tablet ou smartphone – que acabam por restringir a captação de áudio e imagem. No caso de a empresa precisar realizar uma videoconferência em um espaço mais amplo ou com mais pessoas falando, como em uma sala de reuniões, por exemplo, os aplicativos não serão suficientes.

Para estes casos, o mercado já oferece equipamentos especiais para videoconferência, com captação de som e imagem em alta definição (HD), tornando a experiência de reuniões ou de apresentações à distância muito próxima da presencial e com toda a qualidade que um encontro de negócios necessita.

Entre os recursos encontrados em soluções profissionais de videoconferência estão:

  • Compartilhamento de tela com apresentações, imagens e vídeos;
  • Áudio e imagem digital no cabo HDMI;
  • Alta resolução com o uso de equipamentos em HD;
  • Interação e ajustes através de controle remoto;
  • Sistema cancelador de eco;
  • Redução de ruído.

A instalação é simples (basta conectar os cabos VGA ou HDMI e o de som e alguns modelos utilizam apenas a conexão USB) e não é necessária uma grande infraestrutura. De forma geral, os sistemas para videoconferência empresarial são formados por uma câmera, um microfone e uma CPU, que ficam facilmente dispostos sobre uma mesa e podem captar som e imagem de espaços mais amplos. Portanto, em pequenos escritórios ou grandes corporações é possível ter uma colaboração online de forma fácil e acessível a todos da equipe e com qualidade profissional.

Fonte: Intelbras

Pin It